Demorei muitos anos para entender porque a cabeça é chamada da melhor parte do peixe. A cabeça do peixe é na verdade uma parte do seu corpo capaz de gerar grandes análises. Não nos referimos à ela da mesma maneira como ao rabo ou à espinha dorsal. Sempre que falamos da cabeça acrescentamos uma expressão de repulsa com os olhos, ou pelo menos um nariz franzido e logo dizemos ai que nojo! Mas nos esquecemos que a cabeça é realmente a melhor parte do peixe.

O porquê do nariz franzido com a cabeça é fácil de explicar: é a única parte que tem algo parecido com os humanos. Chamamos a parte da frente do peixe de cabeça e não como a parte frontal do animal, isso o coloca quase na categoria de um ser pensante. E para piorar a frente do peixe, tirando-se o tubarão martelo, ela é afinada como o nosso nariz. Mas, quem de nós já não respirou sem querer água do mar? Que bobagem, peixe não tem nariz e não respiram debaixo da água. Eles trocam oxigênio com a água pelas guelras. Portanto, essa parte precisa ser rapidamente deixada de lado se quisermos comer a cabeça do peixe.

O olho, sim alguns como linguado só tem olhos de um dos lados do corpo, mas de lado… O que não é o nosso caso. Os nossos olhos estão na frente da cabeça. E essa é de fato a parte mais difícil de nos abstrairmos. Acho que ao comer a cabeça eu me sinto um pouco como os canibais nos tempos da colonização do Brasil. E como a cabeça de peixe é rica em fosfato e a carninha em volta dos olhos é extremamente delicada e saborosa, fico mais inteligente, minha memória mais longa e com a minha visão mais sabida.

Aproveitem as receitas de peixe a seguir.