Ah! Se eu tivesse tempo para cozinhar… Frase deliciosa e completamente mentirosa. Por que se eu tivesse mais tempo deveria cozinhar e não fazer ginástica, aula de danças, pós-graduação e tantas outras atividades muito mais interessantes? Mesmo eu que fiz da cozinha, e da comida, uma profissão de fé, nem sempre quero cozinhar para mim ou para outras pessoas.

Assista ao vídeo abaixo

Em uma pesquisa recentemente divulgada 51% da população brasileira pesquisada come fora de casa. Infelizmente o artigo está na revista Gol de março de 2010,infelizmente não citam o tamanho do universo pesquisado, ainda assim o resultado diz que 23 milhões de brasileiros comem fora de casa pelo menos uma vez por semana. Isto quer dizer que cada vez mais pessoas com maior freqüência abrem mão de cozinhar. A tendência dos brasileiros que trabalham fora e vivem em cidades grandes o bastante para contarem com rede de restaurantes é não cozinhar. Claro que os demais ainda cozinham, mas é um alerta.

Acho mesmo que o conceito de comida mudou. Comida é aquilo que já está cozido e pronto para ser levado à boca e mastigado. O chef Michael Ruhlman em uma palestra, que está a seguir, conta que sua filha de 14 anos pelo menos uma vez por semana abre a geladeira lotada de ingredientes e diz: nessa casa não tem nada para comer. Pois é, nem sempre tem mesmo, apenas ingredientes os mais variados possíveis. Imaginem a geladeira de um chef; vegetais, muitos vegetais que, como nos conta Chef Ruhlman, Jamie Oliver mostrou à crianças em uma escola inglesa e elas não souberam dizer seus nomes. Não conheciam o próprio alimento em seus formatos originais, aqueles que nascem nas hortas.

A palestra é parte de uma série patrocinada pela TED — Technology, Entertainment, Design, ONG especializada em divulgar idéias sobre experiências que, de modo simples, traduzam inovação e invenção. Clique para acessar o site.

Assista a palestra completa.

Aqui em São Paulo, onde vivo, o Parque da Água Branca tem um entreposto de produtos orgânicos, sem adubos ou defensivos químicos, certificados pela Associação de Agricultura Orgânica (AAO). É um bom passeio para as crianças verem que as cenouras nem sempre são gigantes e que as laranjas nem sempre tem o mesmo tamanho quando colhidas no mesmo pé.

Feira de Produtos Orgânicos
Funcionamento: terças, sábados e domingos, das 7 às 12 horas,| T: 11 3875-2625

Acesse o site do Parque da Água Branca para ver todas as atividades e passeios disponíveis.

Av. Francisco Matarazzo, 455, Barra Funda, São Paulo, SP.
Clique aqui para ver o mapa.