www.cozinhadamarcia.com.br

A receita do bolo foi adaptada de um dos grandes livros de culinária italiana que foram publicados no século XX. Para quem ainda não o conhece – Il talismano dela felicitá, o talismã da felicidade, é um dos grandes compêndios da cozinha italiana, com mais de mil receitas, publicado pela primeira vez em 1937. Estão lá tudo o que se quer saber de cozinha italiana, e as receitas também são fáceis o bastante para ser o livro de cabeceira de quem quer aprender sobre a comida; incluindo os ingredientes, o modo de preparo e a sequência em que os pratos devem chegar à mesa italiana. A receita do bolo é de uma outra edição, uma versão reduzida, publicada logo depois da Segunda Guerra Mundial, Il piccolo talismano, o pequeno talismã, que tem receitas igualmente ótimas e não é tão grande, portanto de fácil manuseio.  Um antecessor cujas receitas até hoje são imbatíveis é o Artusi.

Para quem quer saber mais sobre a cozinha italiana recomendo começar pelos clássicos, além é claro do Il talismano della felicittá, da Ada Boni, existe um livro publicado quarenta anos antes, escrito por Pellegrino Artusi, normalmente conhecido como o Artusi, cujo título é La scienza in cucina e l’arte di mangiar bene, A ciência na cozinha e a arte de comer bem, reúne receitas sobretudo da região da Toscana, mas com o objetivo de criar uma culinária italiana nacional, o país havia sido recém unificado em 1871 após uma longa guerra de retomada de diversas regiões das mãos de potencias estrangeiras. Uma parte do Norte pertencia ao Império Austro-Húngaro, Nápoles havia sido uma colônia espanhola por muitos séculos, e os reinos, ducados e repúblicas e o Vaticano, estabelecidos na própria Itália eram independentes.

www.cozinhadamarcia.com.brUm outro livro do mesmo período do pós-Guerra publicado pela revista de arquitetura e design Domus, também na tradição do Il talismano dela felicittá, é Il cucchiaio d’argento – A colher de prata, sua primeira edição é de 1950, inclui receitas regionais e oferece um panorama bem completo da comida na Itália. O interessante é que esses livros tiveram um papel muito importante, tanto durante as grandes emigrações para as Américas no começo do século XX quanto durante os anos 50 e 60, momento de grande difusão da culinária italiana. Cada grupo ou família de emigrantes levava para os novos países para onde se transferiam um dos três livros. E também tiveram importância na reorganização da vida local, muito mais urbana, depois da 2a Guerra.

Mas, vamos ao Bolo de amêndoas com cobertura de chocolate e hibiscos!

Veja também a receita da cobertura de chocolate preparada com chá de hibiscos. A receita é vegana.