www.cozinhadamarcia.com.br

Uma das maiores delícias, aliás típica, da Alemanha é o bolo com café – o nosso bolinho do lanche é levado a sério por lá com uma tradição rica de bolos cremosos e elegantes. A origem desses bolos complexos com muitas camadas, cada uma com um sabor diferente, está no Império Austro-Húngaro e começa na segunda metade do século 19. O chá ou café com bolo era servido em confeitarias lindas e bem iluminadas como parte da vida burguesa nos países em que se falava alemão.

No Rio de Janeiro herdamos esse hábito com a imigração – confeitarias e chocolaterias como nomes como Katz, Pavelka ou simplesmente o Alemão da estrada Rio-Petropólis. Cidades como Nova Friburgo, Petropólis e Teresópolis durante muito tempo tiveram suas docerias alemãs, hoje bem avacalhadas com os doces menos elegantes e mais doces, mas ainda assim fica a memória de que já tivemos tempos menos brutos.

Fim de semana e teatro

www.cozinhadamarcia.com.brEstive no fim de semana em Frankfurt-am-Main – a cidade é o centro financeiro da Alemanha e tem uma intensa vida cultural. Fui ao teatro para assistir a uma peça encenada pela companhia do Burgtheater de Viena. Clique aqui para saber mais sobre o teatro. É o mesmo teatro para o qual o compositor Wolfgang Amadeus Mozart escreveu a Flauta Mágica. E onde todos os grandes atores e diretores de língua alemã se consagram.

Eu consegui ir ao teatro municipal graças a generosidade dos amigos com quem fiquei, um deles cedeu o seu lugar para que eu pudesse ter uma experiência excepcional.

A peça recebeu muitos prêmios no ano passado e agora faz uma turnê pela Europa. Os atores são brilhantes, eu simplesmente não consegui tirar os olhos do palco, embora a história apesar de atual – a investigação de um crime cometido por um policial, não seja um assunto de meu interesse pessoal. Falavam baixo, sem esforço, mesmo quando gritavam, foi muito bom ver atores tão bom.

Ir ao teatro, ópera ou concerto na Alemanha, e não só de música clássica, é uma experiência que vale a pena para quem for até lá, a maior parte dos brasileiros está a trabalho no país. É uma experiência especial mesmo quando não se entende uma só palavra, como o país e as cidades são muito ricas, entendem que a convivência com a arte enriquece as pessoas e quem sabe reduz a violência.

Passeios

www.cozinhadamarcia.com.brBasicamente andei, bebi um vinho delicioso da região de Frankfurt mesmo – não guardei o nome, tenho que estudar mais o assunto, e fui ao jardim botânico. Em plena primavera o jardim era uma loucura de tantas flores. Muitas magnólias, muitas camélias, e eu enlouqueci, o único pé que eu tive as formigas comeram em uma só noite, e aqui na Europa fria não tem formiga, não sei a razão mas não tem. O jardim é lindo, com áreas dedicadas a diferentes climas. Como brasileira adorei ver as plantas do deserto norte-americano e as plantas que nascem nas montanhas europeias. E plantas tropicais que não temos no Brasil.

Comi o que existe de mais típico no país que são os bolos com muitos recheios. A torta da foto é um bolo de chocolate com uma camada de mousse de chocolate, uma de mousse de chocolate branco, camada de geleia de framboesa e cobertura de ganache. Foi degustada no Café Siesmayer, que fica no jardim botânico de Frankfurt.

Clique nas fotos para ampliar.

Foto @cozinhadamarcia