www.cozinhadamarcia.com.br

Logo que a Cozinha da Marcia começou publiquei uma receita de polvo e, de cara recebi um post me chamando de má por comer polvo, afinal será que eu não sabia que os coitados são animais muito inteligentes? Eu me senti uma criminosa, como é que podia passar a faca em um animal tão esperto quanto um cachorro. Nem preciso dizer que corri para o Youtube para descobrir de onde vinha essa história de polvos treinados.

E na época realmente havia um vídeo no qual um polvo, dentro de um aquário pegava um camarão e o levava à boca. Não o encontrei para postar aqui. Fiquei passada com a credulidade do internauta e com a bronca. Me informei e, para meu alívio, polvos são como todos os peixes, crustáceos e afins, o que não impede de nos identificar com o gesto do tentáculo levando a presa à boca, nem mais nem menos espertinhos. Deixei os polvos fora do meu cardápio por um tempo. E ataquei novamente – fui à feira e comprei um polvo grande e gordo. Olhei várias receitas na internet e aprendi a prepará-los com perfeição.

Um polvo rende mais de uma receita, a sua parte central e as pontas dos tentáculos podem ser preparadas em uma salada junto com mais alguns ingredientes.

Clique aqui para ver a receita do vinagrete de polvo.

Nesse passeio online de aprendizado vi alguns vídeos legais:

Que Marravilha, do Claude Troigros explica bem como preparar uma receita do começo ao fim. Eu sou fã dele. Assista ao vídeo

Achei também um vídeo que explica de modo claro como limpar um polvo pequeno. No caso de um com tamanho maior, eu utilizei um polvo com 2,2 kg é melhor pedir para fazerem essa parte inicial da limpeza na peixaria.

Assista ao vídeo de como limpar um polvo