www.cozinhadamarcia.com.br

Almoce rápido para não perder o passeio já dizia minha mãe sempre que viajávamos. Segundo ela o melhor era jantar com calma, almoço demora, quebra o dia e perde-se muito tempo, que poderia ser melhor utilizado em um passeio. É verdade, e algumas vezes o passeio acontece até sem querer em uma cidade como Paris. Sai para dar uma volta antes de ir a uma palestra na Biblioteca Histórica da Cidade de Paris e fiquei com fome no meio do caminho.

www.cozinhadamarcia.com.brParei para comer em um bar muito pequeno na Rue de Barres, nem é preciso o nome, é o único do lado direito naquele pedaço da rua. A comida não é grande coisa, recomendo um café ou chá, que é o que a maioria das pessoas a minha volta consumia. Fica numa via de acesso a outras ruazinhas, como é quase primavera o dono já colocou algumas mesas na rua e pode-se descansar e tomar um solzinho. Bem localizado nos fundos da Igreja de São Gervásio e São Protásio, dois santos extremamente populares até o século XVI, o local é tranquilo, com um outro passante. A igreja atual é do século XVI embora tenha sido construída sobre uma abadia dedicada aos dois santos do século VII.

Interessante que eram gêmeos e fazem aniversário no mesmo período que São Cosme e Damião, em junho. Veja aqui mais informações sobre eles.

Como chegar

Um pouco mais adiante numa esquina fica a doceria Aux merveilleux de Fred – merveilleux é o nome de um doce que em francês quer dizer o maravilhoso. É uma variação digamos assim, de origem belga, do famoso suspiro francês macarron. É um bem casado de suspiro recheado e coberto com um creme com diversos ingredientes, entre eles o queijo cremoso mascarpone, novamente coberto com chocolate ralado em lascas grandes. Muito gostoso, tem tamanho grande como o da foto e pequenos como um macarron… um pouquinho maiores.

Mapa