www.cozinhadamarcia.com.br

Fazer uma saladinha de polvo no Brasil é bem simples, não demora mais do que quinze minutos, desde que o peixeiro de uma boa ajuda – limpe o polvo com bastante água, corte os tentáculos e a parte central em dois ou tres pedaços grandes, lave tudo novamente. E, em casa, é preciso apenas lavar tudo de novo em bastante água corrente e escorrer.

Em seguida é só ferver um panelão com água, um pouco de sal e jogar os pedaços de polvo na água – o fogo é bem alto – e contar exatos cinco minutos depois que a fervura começar. Escorrer e deixar debaixo da água corrente para interromper a fervura. Quando estiver morninho, cortar em rodelinhas com aproximadamente um centímetro e temperar tudo com sal, bastante azeite e óleo, assim fica mais leve, alguns grãos de pimenta, de zimbro e pedaçinhos bem pequenos de pimentão, uma colher de sopa basta.

 Ou então, comprar o escabeche de polvo pronto, essa receita na verdade tem sua origem no Mercado de Saint Quentin, em Paris. Mas, é tipicamente um arranjo à moda francesa para se comer uma entradinha, em seguida um prato de carne ou frango guisado – nada de grelhar para não sujar o fogão em país onde a faxineira fica na tua casa no máximo tres horas e só uma vez por semana. No mais, um pedacinho de queijo bem macio – esqueça que tem cheiro forte, com pão. E, pronto. Considere-se muito bem alimentado.