Cozinha da Marcia Receitas 100% testadas
 

Dicionário

q

  • »

    Quinua ou quinoa

    www.cozinhadamarcia.com.brQuinua é um cereal de origem andina extremamente nutritivo, chamado de trigo dos incas, tem alta porcentagem de ferro, não tanto quanto um bife, mas em cada 100 gramas são 10,9 miligramas de ferro, que ajuda a combater anemias; tem alto teor de fibras e de vitaminas – C, E e algumas vitaminas do complexo B, mas não tem vitamina B12, portanto para uma alimentação vegetariana completa é preciso completar com outros alimentos. Os grãos tem ômega 3 que ajuda a eliminar o colesterol. Pode ser preparada como o arroz e a quirera de milho, servida em saladas ou acrescentada em sopa e caldos aumenta o seu teor proteico e é muito saudável. Experimente também preparar mingaus com a sua farinha e acrescentá-la nas massas de pães e biscoitos.

  • »

    Queijo Minas Padrão

    Queijo Minas padrão, meia cura, queijo da colônia são os diferentes nomes do queijo mais brasileiro de todos – o queijo fresco prensado em uma forma que é curado por uma certo tempo. O resultado é um queijo macio, de cor

    O site Queijos no Brasil tem uma receita para se fazer queijo em casa.

    Veja uma receita de empadinha de queijo

r

  • »

    Rúcula

    Verdura com folhas verdes compridas, com sabor levemente ardido, utilizada em saladas.

s

  • »

    Sapotis

    www.cozinhadamarcia.com.brO sapoti foi por muito tempo uma dessas árvores que todos tinham no quintal, alta frondosa, predileta de morceguinhos. A fruta é muito feiosa, redonda com a casca de cor marrom manchado, mais parece suja de lama. E a polpa também é bege dourada. A fruta é boa, doce e muito saudável, tem cálcio, vitaminas A e B.
    Original da América Central, aos poucos os pomares estão se expandindo e já mais fácil encontrar o sapoti pelas feiras e supermercados.

    Veja aqui uma descrição detalhada das propriedades do sapoti

     

     

  • »

    Seriguela

    www.cozinhadamarcia.com.brO pé de seriguela cresce do sul do México ao Nordeste brasileiro. A árvore produz uma frutinha cor de laranja macia, de formato oval com um caroço enorme no seu interior. Tem pouquíssima polpa e seu sabor é adocicado, porém suavemente ácido quando madura. Se estiver meio verde não dá para comer de tão azeda. Rica em vitaminas A, B e C. No Nordeste é servida como suco, sorvetes e ao natural bem geladinha.

     

     

     

  • »

    Sugo finto

    Sugo finto em italiano quer dizer molho falso, preparado com tomates cozidos rapidamente e temperado com ervas frescas esse molho contrasta com o longo tempo de cozimento do molho de tomate tradicional.

  • »

    Semolina

    Um tipo de farinha de trigo muito utilizado na Europa para preparar massar e engrossar molhos. Sua aparência é de uma farinha mais grossa, dá para ver os grãos arredondados.

  • »

    Sorbet

    Todos os sorvetes que não utilizam leite ou seus derivados são chamados de sorbet tanto em francês quanto em inglês, sherbet. Sorvete mesmo daquele cremoso em inglês chama-se ice-cream que literalmente quer dizer creme gelado e em francês glace ? ou gelado. Os italianos deliciosamente chamam a todos de gelatto.

t

  • »

    Tamarilo

    www.cozinhadamarcia.com.brVale a pena experimentar o tamarilo. Para quem ainda não a conhece, tem cara, jeito e tamanho de um jiló, só que a cor é amarela e quando bem madura a casca adquire um tom amarronzado.

    Na verdade, são da mesma família e também é parente dos tomates e das beringelas, são as plantas do tipo solanáceas.

    O sabor é surpreendente e muito rico, a cada mordida é possível sentir o gosto de um maracujá doce, um pouco do perfume de manga e ligeira acidez refrescante própria do tamarilo. Pode ser usada para preparar sucos ou sorvetes e ainda tortas.

  • »

    Topinambo ou alcachofras de Jerusalém

    Parece um cará, mas não é. O nome lembra pelo som tupinambá, o que de algum modo pode fazer imaginar que foi enviado do Brasil para a Europa no século XVII. Mas também não é verdade, é original da América do Norte. O toupinambour (Helianthus tuberosus) como é conhecido em francês ou alcachofra de Jerusalém, é uma raiz que pode substituir as batatas na alimentação de quem tem intolerância ao glúten – a doença celíaca.

  • »

    Tapioca granulada

    Tapioca granulada é preparada com a fécula (polvilho) da mandioca e utilizada em sobremesas como o cuscuz e o pudim, mas também pode ser utilizada para engrossar molhos e recheios de tortas e empadas. Atenção, como os grãos de tapioca ficam macios mas não desmancham acabam por adicionar mais uma textura aos molhos e recheios.

  • »

    Tandoor

    tandoor é um tipo de forno de barro que utiliza lenha ou carvão. A sua forma parece um cilindro bem grande encaixado em um fogão de lenha, utilizado na cozinha indiana tanto para assar pães quanto para carnes, foi trazido para a Índia pelos persas no século XVI.

  • »

    Tomates

    Cada tipo de tomate tem uma utilização diferente: os tomates tipoitaliano de formato alongado são ótimos para molhos, o saladeteque é arredondado e não muito grande é para acrescentado à saladas e os tomates caqui ficam deliciosos quando cortado em fatias e servidos com mussarela de búfala. O tomate comum usado de todas as maneiras chama-se santa cruz. O pequeno tomatecereja é encontrado nos formatos arredondado e oblongo, estes um pouco mais ácidos.

  • »

    Tomate caqui

    É aquele bem grande, pode ter até dez centímetros de diâmetro, também é conhecido em algumas regiões como tomate paulista.

    O seu nome é de origem azteca Tomatl, tornou-se conhecido a partir do século XVI com a chegada de espanhóis e portugueses à América.

  • »

    Tahine

    É uma pasta feita de sementes de gergelim muito usada na culinária árabe. O seu sabor é delicado quando acrescentado a pastas e purés de berinjela e grão-de-bico.

  • »

    Tandoori

    Pratos assados no forno tandoor na Índia chamam-se de tandoori com o i no final. Algumas das especialidades inclui frangos bem temperados com uma mistura de especiarias e marinados no iogurte. Os temperos pulverizados do qual fazem parte pimenta-dedo-de-moça, que dá a sua cor bem vermelha, alho, cominho, gengibre e outras especiarias. Cada região do país costuma ter as suas proporções características. E na maior parte da Índia essas misturas são preparadas ainda utilizando os grãos e moídas na hora.

u

  • »

    Uva Santa Isabel

    A uva Santa Isabel é aquela bem pretinha e redonda utilizada pela indústria no Rio Grande do Sul para fazer suco de uva e, em menor quantidade, para vinagres e vinhos. Nos meses de inverno é possível encontrá-las em alguns mercados e feiras das regiões Sul e Sudeste do Brasil.