www.cozinhadamarcia.com.br

O meu prato preferido da comida baiana é o acarajé, daquele completo com o bolinho bem grande, frito no óleo de dendê, generosamente recheado com vatapá e bastante camarão. Acontece que eu acho que o acarajé com vatapá engorda e o dendê sozinho deixa o bolinho pesado. Por isso tenho feito essa troca caseira do vatapá pelo refogado de quiabo, mais leve, engrossado com camarão seco e com uns camarões para enfeitar. Não é o verdadeiro, mas é levinho e preparo com mais frequência. Reduzi o tamanho para os bolinhos ficarem do tamanho da porção que antigamente as baianas faziam e espero que ainda preparem para o santo – pequenos e bem dourados, serviam para testar o calor do óleo e para fazer a oferenda. O tamanho é bom para o tanto pouco que se come hoje em dia, assim inventei uma versão mais ligeira de fazer e leve de experimentar. Deu muito certo.

INGREDIENTES

Para os bolinhos
500g de feijão fradinho
Sal a gosto
500g de cebola
1 xícara de óleo
Azeite de dendê
150g de camarão seco

Para o caruru
500g de quiabo
1 cebola
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de óleo
Suco de meio limão
1 / 4 de xícara de camarão seco
Sal
1 pimenta dedo-de-moça
10 castanhas de caju sem sal


MODO DE PREPARO

Para fazer a massa, quebre os grãos de feijão no liquidificador, cubra com água e deixe de molho por uma noite. No dia seguinte passe os dedos entre os pedacinhos de feijão para soltar a pele, com o auxílio de uma faca pequena arranque os olhos pretos do feijão fradinho, e solte o maior número possível de peles. Em seguida escorra a água, bata os grãos amolecidos com as cebolas até obter uma massa bem homogênea. Transfira a massa ou para uma tigela grande e funda e bata com uma colher de pau até dobrar de volume. A massa vai fermentar e ficar bem leve. Outra possibilidade é colocar a massa na tigela da batedeira e trabalhá-la com o gancho para fazer pão.

www.cozinhadamarcia.com.br
Aqueça uma frigideira com dois dedos de altura de óleo vegetal e duas colheres de sopa de azeite de dendê, para dar cor, com o auxílio de duas colheres de sobremesa escorra a massa no óleo para formar bolinhos. Doure os bolinhos e escorra-a sobre papel de cozinha.

Prepare o refogado de quiabo. Seque os camarões espalhados em um tabuleiro no forno bem baixo até ficarem crocantes. Pulverize os camarões para obter uma farinha fininha.

Refogue a cebola picada com os dentes de alho amassados no óleo, acrescente os quiabos cortados em rodelinhas, misture bem, tempere com sal e a pimenta picada. Junte um quarto de xícara de água por vez até os quiabos ficarem macios, polvilhe com uma colher de sopa da farinha de camarão seco e misture para engrossar o caldo. Junte o suco de limão e acerte o sal.
www.cozinhadamarcia.com.brAtenção: a quantidade de camarão seco a ser polvilhado depende se os quiabos estão mais ou menos maduros.

Sirva os acarajés recheados com o refogado de quiabo polvilhado com as castanhas de caju picadas.


Fotos

  • Foto
  • Foto
  • Foto