www.cozinhadamarcia.com.br

Ervas de cheiro hoje em dia trocaram de nome e são conhecidas como ervas aromáticas, prefiro o nome antigo, eram elas que perfumavam as peixadas, o caldeiradas e pratos com muito molho preparados no Rio. Além da salsa e da cebolinha fazem parte desse molho de ervas o coentro, a manjerona, o orégano e a alfavaca que é a mesma planta que o manjericão. Junto com o colorau, o pó do urucum, o pó de cor vermelha extraído amassando-se as sementes de seu fruto, e do açafrão da terra, as raízes da cúrcuma, de cor amarelo intenso, formam junto com as pimentas malaguetas e dedo de moça o tempero básico brasileiro.

INGREDIENTES

Para um vidro com 500 g
300g de castanhas de caju sem sal
150 g de passas pretas e sultanas misturadas
50 g de castanhas do Pará, cada uma cortada em dois ou três pedaços
1 colher de sopa de urucum em pó
1 colher de sopa de xarope de agave
1 colher de chá de sal
1 colher de sopa de ervas desidratadas de Provença
1 colher de sopa de ervas desidratadas para molho chimi-churri – comprei na feira
2 colheres de sopa de colorau – urucum em pó
1 colher de sopa de gordura de coco


MODO DE PREPARO

Misture as passas e as castanhas em uma tigela. Misture os temperos em outra e coloque por uns vinte segundos no forno de micro-ondas para a gordura de coco derreter.

Acrescente as castanhas e as passas e misture bem até estarem totalmente envolvidas no tempero. Asse no forno quente, 120o C, por aproximadamente quinze minuto, até as castanhas dourarem.

Transfira-as para uma assadeira forrada com papel absorvente para ficarem bem sequinhas. Leia mais sobre o urucum aqui.