www.cozinhadamarcia.com.br

A receita é muito gostosa e refinada, o sabor das tangerinas cozidas com as cascas misturado com o frescor do gengibre faz toda a diferença. Também não é preciso usar muito açúcar. Preparei o doce com as cinco tangerinas morgote que estavam mais maduras e com metade do seu peso em açúcar. Coloquei as goji berries e mais um punhado de passas brancas, o nome correto é passas sultanas, para dar um pouco mais de variedade no visual e um sabor um pouco mais variado. Poderia ter colocado amêndoas picadas ou avelãs partidas, até mesmo alguns grãos de pimenta inteiros. O mais importante quando se faz um doce de fruta cítrica é ferver a fruta como ensino a seguir para tirar o travo amargo. O bom resultado depende de bons ingredientes e de bons instrumentos, uma boa panela grande o suficiente para acomodar as fatias de fruta espalhadas, sem aperto e um termômetro ajuda bastante. O doce fica pronto assim que a calda atinge a temperatura de 104 graus Celsius, não tem erro. Agora, no olho, tem que ver direito quando a calda começa a engrossar.

INGREDIENTES

Para aproximadamente 3 vidros de doce - 600 g no total
1,2 kg ou 5 ou 6 tangerinas morgote da casca fina
550 g de açúcar cristal marronzinho orgânico
1 xícara de água
2 fatias finas com 6 cm de gengibre
2 colheres de sopa de goji berries
2 colheres de sopa de passas sultanas


MODO DE PREPARO

Coloque no fogo uma panela grande de água para ferver. As fatias de tangerinas serão escaldadas nessa água.

Corte as tangerinas com as cascas em fatias bem finas. Retire os caroços que eles amargam o doce. Coloque todas as fatias de uma só vez na água.

www.cozinhadamarcia.com.brPrepare uma calda com o açúcar e a água no fogo médio. Rapidamente o açúcar vai derreter e a calda ferver, só então comece a espalhar as fatias de tangerina na panela. Retire as fatias da água fervendo com o auxílio de uma escumadeira e transfira-as para a calda.

Acrescente as fatias de gengibre, as goji berries e as passas. Deixe ferver e abaixe um pouco o fogo. Mas, não deixe que a calda pare de ferver.

Depois de uns 40 minutos comece a medir a temperatura do doce, deve demorar bem umas duas horas para ficar pronto. Um bom sinal é quando a casca da tangerina já cozida no açúcar fica meio translúcida. É fácil de ver. Nesse ponto o doce deve estar chegando a 100 graus Celsius. Aguarde até chegar a 104 graus Celsius. Desligue o fogo.

Transfira o doce para vidros refratários reciclados, eu tenho diversos aqui, desde os de geléia até os de azeitonas e pickles. Primeiro lave-os bem e seque-os. Coloque-os sobre um pano de prato molhado para não trincarem na hora que começarem a encher com o doce. Só tampe e guarde na geladeira depois de estarem completamente frios.