www.cozinhadamarcia.com.br

O sabor desse molho é muito bom por um motivo simples, depois de cozido ele é deixado descansando na panela de pressão até esfriar, só assim ganhará em intensidade e delicadeza que fazem esse molho diferente do normal. Os mais apressados podem comê-lo logo que ficar pronto? Podem, também é gostoso. Só não podem esquecer de soltar toda a pressão da panela e abri-la depois de totalmente fria.

Veja aqui como preparar esse molho sem receita.

INGREDIENTES

Para 4 pessoas
3 colheres de sopa de azeite
1 cebola de tamanho pequeno
2 dentes de alho
600g de carne moída ou picadinha
3 colheres de sopa de salsa picada
1 / 2 garrafa de vinho tinto
2 xícaras de molho de tomate orgânico ou
8 tomates muito maduros descascados
2 xícaras de água
1 ponta de faca de canela em pó
1 e 1 /2 colher de sal
Um pouco de pimenta do reino moída na hora



MODO DE PREPARO

Descasque e corte a cebola em pedaços pequenos, descasque os dentes de alho e amasse-os com o cabo de uma faca ou a lateral da lâmina de uma faca larga.
Coloque a panela no fogo, acrescente o azeite, a cebola e o alho. Cozinhe-os no fogo médio até a cebola começar a dourar. Acrescente a carne, misture bem para separar os pedacinhos, tempere com o sal e a pimenta, junte o vinho, o molho de tomate, a água e a canela. Mexa algumas vezes com uma colher e tampe a panela de pressão.
Cozinhe no fogo alto é começar a ferver, abaixe o fogo, cozinhe por mais vinte minutos e desligue. Deixe a panela esfriar sozinha para o molho terminar de cozinhar.
Meia hora antes de servir o molho com o macarrão abra a panela e aqueça o molho para terminar de evaporar e engrossar. O ponto certo é quando a carne começa a ficar acima do nível do molho na panela. Sirva com massas ou com polenta.


Fotos

  • Foto