Sopa_batataorganicaCDM

Essa é uma receita muito fácil de ser preparada, no entanto tem um segredo. Quando esta sopa é preparada com batatas orgânicas adquire um sabor adocicado sofisticado que é impossível de ser obtido com as demais batatas. Veja bem, não sou daquelas cozinheiras que persegue a horta orgânico todo o tempo, apenas sempre que posso troco ingredientes pulverizados com químicos por ingredientes fertilizados por produtos da própria natureza, também produzidos sem aditivos.

Uma semente não orgânica antes de ser plantada é pulverizada com uma cera ou um polímero para aumentar o seu tempo de utilização; em seguida, durante o crescimento das plantas várias pulverizações com fungicidas irão evitar pragas, como se fosse um tratamento para alguém que não está doente. O resultado é que esses produtos – fertilizantes e inseticidas –  interferem no sabor e na textura final dos legumes, das raízes e folhas. E, quando o remédio é demais acaba valorizando o tamanho e deixa de lado o que de fato interessa que é o sabor. Hoje existem sistemas sofisticados de compostagem para alimentar a terra sem resíduos químicos e uso dirigido de insetos impedem as pragas típicas de certas plantas. A menor interferência na natureza permite um alimento de melhor qualidade.

INGREDIENTES

600g de batatas orgânicas
2 dentes de alho grandes
2 litros de água
2 duas colheres de chá de sal (usei flor de sal, mas pode usar qualquer tipo)
1 /2 colher de chá de folhas de orégano ou de manjericão picadinho


MODO DE PREPARO

Descasque as batatas e lave-as. Cozinhe as batatas cortadas em pedaços, primeiro corte-as ao meio, em seguida corte mais um ou outro pedaço que precise até todos ficarem do mesmo tamanho.

Cozinhe os pedaços de batata junto com os dentes de alho na água e sal, em uma panela tampada, com o fogo bem baixo, por aproximadamente quarenta minutos. Olhe algumas vezes após vinte minutos, o objetivo é obter pedaços de batata bem cremosos. Batata com o mixer, ajuste o sal e acrescente um pouco mais de água, ou melhor ainda duas colheres de sopa de creme de leite fresco. Polvilhe com as ervinhas e sirva.

A sopa da foto foi servida com uma sobrinha de cenouras refogadas que polvilhei com queijo ralado para dourá-las um pouco.


Fotos

  • Foto