Cozinha da Marcia Receitas 100% testadas
 

Truques

a

  • »

    Ameixa mais suculenta

    www.cozinhadamarcia.com.brAs ameixas precisam estar bem macias antes de serem guardadas na geladeira. O seu sabor especial é resultado da combinação de uma certa acidez com a quantidade de açúcar de cada fruta. Por isso é preciso esperar que a fruta amadureça bem e assim armazene uma quantidade de açúcar maior do que a quatidade de ácidos para ficar suculenta como a da foto. Observe como a cor da casca é vermelha bem escura.

     

     

     

  • »

    Economia no forno na hora de assar

    www.cozinhadamarcia.com.brEconomize no tempo, na energia e no calor assando mais de um prato ao mesmo tempo no forno. No caso de umpão caseiro ou você assa diversos pães enchendo o forno para aproveitar o gás ou você assa um pão e uma lasanha ou diversos pratos de massa e pratos com molho branco ao mesmo tempo. Apesar do pão precisar de uma temperatura mais alta do que as massas com molho a diferença de temperatura pode ser compensada com um pouco mais de água ou líquido no refratário.

     

     

  • »

    Batatas cozidas com alho

    O sabor das batatBatatas cozidas com alhoas que já é adocicado por natureza, pode ficar ainda melhor quando se  forem cozidas junto com dois ou três dentes de alho esmagados. POde dexar com a casca que não faz diferença e tempere com apenas uma colher de chá de sal. As batatas, como na foto, estão apenas cobertas de água. Cozinham em aproximadamente vinte minutos no fogo médio.

     

     

     

     

  • »

    Alho com sabor suave

    www.cozinhadamarcia.com.brDescasque o dente de alho e corte-o ao meio, retire o broto do seu interior para o sabor ficar mais suave. Algumas vezes já está até germinando como uma plantinha quando o cortamos ao meio.

     

     

     

     

     

     
     

  • »

    Alho picado x alho espremido

    Não utilize o dente de alho em temperos e assados sempre da mesma maneira. Utilize o alho espremido quando quiser que o sabor apareça firme e forte como parte do tempero. Agora, para os pratos onde o sabor do alho deve se misturar ao dos demais temperos e ingredientes, descasque o dente de alho e apenas amasse-o com a lateral da lâmina de uma faca antes de colocar na panela.

     

     

     
     
     

  • »

    Água de rosas

    A medida correta de água de rosas para ser utilizada em receitas de doces deve sempre ser pequena – uma colher de sopa para casa litro de líquido.

  • »

    Arroz para risoto

    Arroz para risoto não deve ser lavado para não perder o amido que como uma goma envolve cada grão e ajuda na textura final do prato.

  • »

    Termômetro de açúcar

    Experimente utilizar um termômetro de açúcar para descobrir o ponto certo de uma calda. Ponto de fio, por exemplo, é aquele que primeiro colocamos uma colher de chá de calda em uma xícara com água. Em seguida a pegamos com o dedo indicador e o polega e abrimos e fechamos os dedos para ver se a calda forma um fio. Se preferir usar o termômetro, aguarde a temperatura chegar a 115 grau. Viu como vale a pena?

  • »

    Alho e cebola no refogado

    Na hora de preparar um refogado primeiro a cozinhe a cebola até ficar transparente e só então acrescente o alho picado. Os pedacinhos de alho não cozinharão demais, e o seu sabor ficará mais vivo.

  • »

    Como engrossar um caldo com amido de milho ou fécula de batata

    Para engrossar um caldo com amido de milho dissolva um pouco, uma ou duas colheres de sopa, no caldo quente e devolva-o em seguida ao molho.

  • »

    Abóbora-moranga no lugar da tigela

    Para usar a moranga como sopeira é só cortar uma tampa em cima, retirar as sementes com uma colher de sopa e aquece-la no forno de microondas por três minutos. Recheie com a sopa, moqueca ou bobó bem quente e sirva.

  • »

    Amêndoas em fatias finas

    Alguns produtos como as amêndoas cortadas em fatias muito finas devem ser compradas prontas. Para se obter as fatias assim finas utilizam-se um ralador muito afiado. Dificilmente em casa consegue-se o mesmo resultado e evita-se o risco de acidentes.

  • »

    Alho sem amargor

    Para o alho não ficar amargo ao ser dourado é preciso cortar o dente ao meio no comprimento e retirar a parte verdinha do centro.

  • »

    Alfaces e verduras sempre fresquinhas

    Para manter as folhas de alfaces e outras verduras fresquinhas guarde-as cobertas com um pano de prato molhado, assim ficarão protegidas do frio e do ar seco da geladeira.

  • »

    Alho gostoso

    Na hora de preparar o refogado coloque o alho por último, assim não chega a dourar e o seu sabor não fica amargo.

  • »

    Abóbora-moranga: como prepará-la recheada

    Utilize a abóbora-moranga apenas para aquecer o recheio escolhido ou derreter o queijo em pratos como camarão com catupiry. Coloque-o de preferência já aquecido na moranga.

  • »

    Açúcar estrangeiro

    No Brasil o açúcar é mais refinado do que nos países europeus, portanto os grãos são bem menores. Os grãos são um pouco menores do que os do açúcar cristal brasileiro. Além disso, tanto na França quanto nos demais países da Europa para se obter o açúcar são utilizados a cana-de-açúcar e um tipo de beterraba.

  • »

    Alho sem o gosto ardido

    Para tornar o sabor do alho mais suave, coloque os dentes de alho grosseiramente picados em uma peneira e jogue água fervendo sobre eles. Se preferir coloque os pedacinhos de alho em uma frigideira com bastante óleo, mexa uma única vez com uma escumadeira, retire e coloque sobre um papel absorvente até a hora de usá-los.

  • »

    Aves macias e suculentas no forno

    Comece a assar a ave com o peito para baixo, quando a carne estiver cozida vire-a para cima e termine de assar. Aves pequenas e de carne macia não precisam assar cobertas com papel alumínio. Aves grandes como chester e peru são assados cobertos e com bastante líquido na assadeira para não ficarem ressecadas.

  • »

    Açúcar de baunilha

    Pegue uma fava de baunilha, abra ao meio e espete os pedaços em um vidro grande com um ou dois quilos de açúcar. Como o sabor é forte e dura por bastante tempo, a cada vez que usar o açúcar para preparar doces e bolos e torne a completar o vidro.

b

  • »

    Qual a quantidade de batatas correta

    Como calcular a quantidade de batatas para uma salada – cada pessoa come normalmente três batatas pequenas que pesam em média 50 gramas, na hora de comprar pegue 12 unidades para quatro pessoas, 15 para cinco e assim sucessivamente. Não é preciso comprar dois quilos de batata como se fazia antigamente.

  • »

    Batatas cozidas com alho

    O sabor das batatBatatas cozidas com alhoas que já é adocicado por natureza, pode ficar ainda melhor quando se  forem cozidas junto com dois ou três dentes de alho esmagados. POde dexar com a casca que não faz diferença e tempere com apenas uma colher de chá de sal. As batatas, como na foto, estão apenas cobertas de água. Cozinham em aproximadamente vinte minutos no fogo médio.

     

     

     

     

  • »

    Bife à milanesa perfeito

    Bifes à milanesa bem sequinhosBife à milanesa bem sequinho não precisa ser empanado com farinha de trigo, passado no ovo e na farinha de rosca. A farinha de trigo como ainda está crua absorve a gordura e o suco da carne durante a fritura o não permite que a casquinha em volta do bife solte facilmente e fique um pouco empapada. A farinha de rosca,que nada mais é do que pão torrado e moído, não empapa por ser previamente cozida.

     

     

     

  • »

    Por que se deve tirar os olhos das batatas

    www.cozinhadamarcia.com.br F_olhoBatata2Algumas batatas  começam a brotar depois de colhidas formando pequenos nós chamados de olhos. É importante retirá-los, um a um de cada batata para não deixarem um sabor amargo durante o cozimento. A polpa das batatas com alto teor de amido contém bastante açúcar, e quando cozidas sem sal tem sabor levemente adocicado. Para retirar corretamente os olhos das batatas faça buracos ligeiramente maiores e mais profundos que o seu tamanho com a ponta de uma faca.

  • »

    Balança

    Faça como os profissionais de cozinha: utilize uma balança para pesar os ingredientes secos e líquidos de uma receita, assim não é necessário trocar as unidades de medida.

  • »

    Bolo sem fundo queimado

    www.cozinhadamarcia.com.brPara proteger o fundo do bolo do excesso de calor da forma,  evitando assim que a parte de baixo asse antes do resto da massa, é preciso cobrir o fundo da forma de bolo com papel manteiga. O papel absorve parte do calor e o redistribui ao formar uma micro camada de ar entre a sua superfície e a da massa do bolo, evitando que esta se transforme em uma crosta dura e escura, queimada.

    Siga o passo a passo a seguir para um bolo com a crosta dourada:
    – Coloque a forma sobre um pedaço de papel um pouco maior que o seu tamanho, e passe um lápis em volta para marcar onde deverá cortar.
    – Corte o papel com uma tesoura, experimente dentro da forma e, se for o caso, retire o excesso para este ficar bem encaixado, o tamanho precisa estar certinho.
    – Unte um X de manteiga ou margarina no fundo da forma, fixe o papel por cima.
    – Unte as laterais da forma e por cima do papel manteiga. Polvilhe com farinha de trigo. Use pequena quantidade, se precisar utilize um pouco mais de farinha.

    As explicações também valem para pães com receitas que utilizam #manteiga.

  • »

    Bolinhos do mesmo tamanho

    Na hora de assar bolinhos ou tortas individuais, utilize um boleador de sorvete para distribuir a mesma quantidade de massa ou recheio.

  • »

    Bolos e tortas com mais sabor

    Guarde uma mistura de meia xícara de açúcar, uma colher de chá de canela e outra de café ou chocolate em pó, em um vidro pequeno e com tampa. Polvilhe as fatias de bolo e tortas já servidas com a mistura para realçar o seu sabor.

  • »

    Banana-de-são-tomé

    Banana de casca arroxeada e que madura fica bem escura, a banana-são-tomé tem sabor doce, a polpa muito macia, mas o cheiro é forte. Utilize-a cozida.

  • »

    O bolo está assado?

    Bolo está assado? Assim que o bolo começar a dourar espete o meio da massa com uma faca pequena ou um espeto de bambu desses usados para churrasquinhos. Ele deverá sair seco, sem nenhum vestígio da massa.

  • »

    Brigadeiro: prepare seus docinhos na véspera

    Prepare os brigadeiros na véspera da festa. deixe-os bem arrumados ou no prato em que for servir ou em um tabuleiro coberto com papel de alumínio. Não coloque-os na geladeira que açucaram e ainda podem soltar água enquanto aquecem.

  • »

    Bolo de fubá: a hora certa para tirar do forno certo

    Para saber se o bolo de fubá está cozido espete a lâmina de uma faca no bolo próximo ao centro, ela deverá sair ligeiramente úmida. O bolo perde água enquanto esfria e, se for retirado do forno completamente seco, ficará ressecado.

  • »

    Massa de torta: é preciso untar a forma com manteiga e polvilhar com farinha?

    Em geral não há necessidade de se untar a forma onde se assa empadões, empadinhas e tortas devido à grande quantidade de gordura utilizada nas massas. Agora, se a massa tiver pouca gordura não arrisque, unte e polvilhe o recipiente a ser utilizado.

  • »

    Bacalhau se desfia na mão

    O bacalhau desfiado na mão fica mais gostoso e menos empapado que o batido no processador de alimentos ou liquidificador. Experimente, não dá trabalho.

  • »

    Bolo seco?

    O bolo algumas vezes assa um pouquinho mais do que o necessário, no dia fica ótimo, mas na manhã seguinte fica um pouco duro e ressecado. Não tenha dúvidas: prepare uma calda de açúcar com o sabor do seu gosto e jogue por cima do bolo. Veja a seguir algumas sugestões.
    Calda de açúcar e Cointreau

    Calda de rum

  • »

    Suspiro ou massas de bolachas com controle

    Coloque a massa de suspiro ou de bolachas muito macias em um saco plástico, aperte bem em um dos lados e corte a ponta, assim você terá um bico fácil de ser utilizado. Faça montinhos, cobrinhas, rosquinhas de massa sobre um tabuleiro forrado com papel manteiga.

  • »

    Prato de bolo para festas

    Utilize um prato de bolo com o pé alto, um pedestal, para colocar o bolo mais importante de sua mesa de festa. Assim fica mais fácil arrumar os demais doces e salgados, e a mesa fica mais organizada e elegante.

  • »

    Bolo recheado: como cortar o bolo ao meio

    Para dividir o bolo na hora de rechear coloque-o no prato em que for servir e com um fio dental faça uma guia horizontal. Siga o fio dental com uma faca de lâmina bem comprida, assim não se corre o risco de um lado ficar mais alto do que o outro.

  • »

    Batatas, legumes e frutas crocantes

    Utilize sempre pouco óleo na hora de dourar batatas, legumes e frutas. Assim os alimentos, que normalmente absorvem o óleo, não ficarão empapados e depois frios permanecerão com a textura crocante.

  • »

    Branquear

    Consiste em ferver vegetais rapidamente, não mais que cinco minutos. Serve, entre outras funções, para reduzir acidez, pré-cozer para utilização posterior em recheios ou para serem aquecidos na hora de ir para a mesa e não amolecerem.

c

  • »

    Como deixar um caldo bem transparente

    Truque-clarear-caldoPara o caldo de carne ou de galinha ficar bem limpo de resíduos é preciso clarificá-lo, e o truque das claras, duas é suficiente, batidas quase em neve é muito rápido e simples. A aparência como podem ver pela foto ao lado não é muito boa já que todas as gorduras, restos de sangue, micro pedaços do tutano dos osso que habitualmente ficam suspensos no caldo irão grudar nas claras.

    Escorra o caldo em uma peneira assim estiver pronto. Retorne à panela, cozinhe no fogo médio até ferver. Nesse momento junte as duas claras já bem batidas e bem espumosas – como disse antes, quase em neve e misture-as com caldo. Aos poucos irão subir, retire-as com uma colher de sopa. Deixe um recipiente perto da panela para facilitar. Guarde na geladeira

    O excesso de gordura que ainda sobrar sobrar no caldo pode ser retirado no dia seguinte. Esse caldo é a base dos consomes, basta acrescentar uma colher de sopa de vinho do Porto ao caldo de carne ou de vinho branco ao caldo de galinha.

    Veja outras receitas de sopas da Cozinha da Marcia.

     

     

  • »

    Cenoura para engrossar uma sopa no lugar da farinha de trigo

    www.cozinhadamarcia.com.brPara engrossar o caldo de um cozido com carne ou frango molho não é necessário utilizar farinha de trigo, o que algumas vezes deixa o molho pesado. Cozinhe uma cenoura junto ou separadamente, faça um purê com o auxílio de um mixer de mão e aqueça com o molho. Esse é um jeito de engrossar o molho do estrogonofe.

  • »

    Salsa e cebolinha sempre frescas – ervas congeladas

    www.cozonhadamarcia.com.brPara manter os frescor das ervas frescas por mais tempo lave-as assim que chegarem, corte-as em pedaços grandes e acondicione-as em sacos plásticos. Guarde os sacos no congelador. Fica muito mais fácil para usá-las, como as folhas estão congeladas para cortar em pedaços pequenos é só quebrar com os dedos. Atenção – algumas ervas como tomilho e manjericão escurecem quando congeladas, mas ainda assim podem ser usadas.

     

     

     

  • »

    Bife à milanesa perfeito

    Bifes à milanesa bem sequinhosBife à milanesa bem sequinho não precisa ser empanado com farinha de trigo, passado no ovo e na farinha de rosca. A farinha de trigo como ainda está crua absorve a gordura e o suco da carne durante a fritura o não permite que a casquinha em volta do bife solte facilmente e fique um pouco empapada. A farinha de rosca,que nada mais é do que pão torrado e moído, não empapa por ser previamente cozida.

     

     

     

  • »

    Iogurte com gengibre para comer com saladas, peixes e até sobremesas

    www.cozinhadamarcia.com.brAlguns produtos poderiam ser chamados de neutros e o iogurte, junto com a coalhada, é um deles. Basta acrescentar dois centímetros de raiz de gengibre ralada para se ter um molho para a salada ou para batatas assadas. Em algumas situações pode-se acrescentar sal e pimenta para o sabor não ficar rigidamente neutro, ou até açúcar para quem quiser servir o iogurte com uma salada de frutas por exemplo ou por cima de um bolo. Combina bem!

     

     

     

     

  • »

    Cenouras e legumes cortados bem finos

    www.cozinhadamarcia.com.brO método para se cortar fatias muito finas é chamado de juliana, normalmente requer uma certa prática com facas muito bem afiadas e um bom olho clínico para as fatias ficarem com a mesma largura. Hoje uso um pequeno cortador bem parecido com um descascador de legumes com a lâmina com vários chanfros que permitem cortar diversas fatias ao mesmo tempo.

     

     

     

     

  • »

    Limão inteiro para aromatizar aves

    www.cozinhadamarcia.com.brNa hora de assar um frango encaixe um limão inteiro no interior do ventre, além de acrescentar ao tempero o aroma do limão, a sua acidez  também ajuda a carne a ficar mais macia. O limão também pode ser utilizado no ventre de aves de tamanho menor como codornas, perdizes e galetos, com o calor do forno o suco do limão começa a evaporar e impede que fiquem ressecados.

     

     

     

     

  • »

    Cebola roxa com sabor suave

    Para a cebola não fwww.cozinhadamarcia.com.bricar ardida, mas ainda assim manter o seu gosto original e permanecer crocante, corte-a em anéis. Coloque-os em um recipiente e cubra-os com água. Pingue uma colher de chá de vinagre de vinho tinto sobre os anéis e se quiser acrescente uma ponta de faca de sal refinado. Sirva em saladas, em um hamburguer ou no molho do cachorro-quente.

     

     

     

     

  • »

    Cordeiro no ponto

    www.cozinhadamarcia.com.brPara saber se a carne de um pernil de cordeiro está no ponto e ainda bem rosada dê um talho profundo perto do osso para conferir a cor e se está suculenta. Utilize uma faca bem afiada. A carne para ficar no ponto certo deve assar durante a primeira hora coberta com folha de alumínio. Retire o papel e deixe no forno até dourar.

     

     

     

     

  • »

    Cebolinha francesa

    www.cozinhadamarcia.com.brO melhor jeito de cortar a cebolinha francesa, aquela bem fina que mais parece um capim, é com uma tesoura. Utilize esse método para salpicar um prato com bastante molho ou uma salada verde. Click,click, click e a quantidade necessária está pronta e no lugar certo.

     

     

     

     

     

  • »

    Calda de vinho tinto

    www.cozinhadamarcia.com.brUma calda de vinho tinto pode ser utilizada para completar o sabor de um assado, combina muito muito com rosbife ou pernas de carneiro por exemplo. Ainda é perfeita com peras ou maçãs cozidas em uma calda de açúcar. O xarope é delicioso com sorvetes, tem gosto de quentão!
    1 e 2 /3 de xícara de vinho tinto
    1 xícara de açúcar
    1 colher de chá de essência de baunilha

     

     

     

  • »

    Carne seca – como usar

    A carne seca precisa ser dessalgada e aferventada antes de ser cozida. No feijão pode ser acrescentada semicozida; porém deve também estar completamente cozida e macia antes de ser adicionada como um dos ingredientes a pratos guisados que utilizem cebolas, abóboras, inhames ou aipins porque o seu tempo de cozimento é maior do que dos demais e estes desmanchariam.

    Como fazer: Lave bem a carne na água corrente e deixe-a de molho por dois dias na água fria, trocando a água a cada tres ou quatro horas.

    Em seguida, cozinhe-a na panela de pressão, quase coberta de água, por aproximadamente vinte minutos. Abra a panela depois de fria, experimente a carne e, se ainda estiver salgada, cozinhe novamente em outra água por mais vinte minutos. Nesse ponto já deve estar pronta para ser cortada em cubos ou desfiada com o auxílio de um garfo.

     

    Cozinhe então a carne em um refogado ou de acordo com a receita a ser preparada.

  • »

    Morangos cozidos sem espuma

    Quando os morangos cozinham em calda de açúcar é comum formar uma espuma por cima, ela pode ser retirada, mas em geral quando o doce esfria ou ela desaparece ou fica grudada na parede da panela. A espuma também será absorvida pelo próprio doce se os morangos cozidos forem batidos com um mixer, como é o caso das geleias e das caldas.

     

     

     

     

     

  • »

    Chás aromatizados e infusões com flores e frutas

    Utilize infusões com flores e frutas ou chás aromatizados para preparar caldas com chocolate ou compotas de frutas. O aroma das flores intensifica o sabor e, no caso das frutinhas vermelhas, a cor da calda fica avermelhada.

  • »

    Claras em neve

    Claras bem batidas tem um segredo: precisam estar em temperatura ambiente, assim crescem e ficam bem duras. Batas as claras até ficarem bem duras. Para saber se está no ponto pegue uma colherada e vire-a para baixo, se não cair da colher a massa está pronta para receber o açúcar. Conte duas colheres de sopa de açúcar para cada clara e bata até obter uma massa untuosa e brilhante.

     

     

     

  • »

    Vida mais longa para a barra de chocolate

    Para evitar que a barra de chocolate fique com a superfície esbranquiçada depois de aberta enrola o pedaço que sobrou com filme plástico e guarde em um local fresco. O chocolate com leite pode ficar até seis meses bem guardado e o chocolate amargo até dois anos. A superfície esbranquiçada são os cristais da manteiga de cacau que cristalizaram, mas não interferem no sabor.

  • »

    Carne moída sem gordura

    Para preparar molhos de carne moída sem um pingo de gordura, escorra a carne, depois de refogada, sobre uma peneira. Sacuda bem, aperte com papel absorvente para retirar toda a gordura e, em seguida devolva a carne à panela para terminar a receita.

  • »

    Como utilizar o colorau

    O urucum em pó, conhecido como colorau, dá uma cor linda às aves assadas. Experimente besuntá-las antes de colocá-las no forno com uma mistura de colorau, mostarda, sal, azeite e o suco de uma laranja.

  • »

    Para cortar mais rápido

    Para cortar batatas, inhames, caras e toda a sorte de raízes em pedaços menores, primeiro corte-os em rodelas, em seguida faça empilhe vários pedaços sobre uma tábua e corte com uma faca de cima para baixo com uma faca grande e muita firmeza, como se fosse uma guilhotina.

  • »

    Creme azedo

    Para obter um creme de leite grosso, também chamado de creme azedo devido a um teor maior de acidez, misture duas xícaras de creme de leite fresco com duas colheres de chá de suco de limão. Acompanhe tortas e bolos com esse creme e veja como ficam mais gostosas.

d

  • »

    Desfiar carnes e peixes

    Para desfiar sem nenhuma dificuldade uma carcaça de frango, um pedaço de carne seca ou de bacalhau já cozidos, coloque o pedaço a ser trabalhado sobre uma tábua, apóie firme-o com um garfo e com outro retire pequeno pedaço. Essas carnes se desfiam com facilidade.

e

  • »

    Economia no forno na hora de assar

    www.cozinhadamarcia.com.brEconomize no tempo, na energia e no calor assando mais de um prato ao mesmo tempo no forno. No caso de umpão caseiro ou você assa diversos pães enchendo o forno para aproveitar o gás ou você assa um pão e uma lasanha ou diversos pratos de massa e pratos com molho branco ao mesmo tempo. Apesar do pão precisar de uma temperatura mais alta do que as massas com molho a diferença de temperatura pode ser compensada com um pouco mais de água ou líquido no refratário.

     

     

  • »

    Salsa e cebolinha sempre frescas – ervas congeladas

    www.cozonhadamarcia.com.brPara manter os frescor das ervas frescas por mais tempo lave-as assim que chegarem, corte-as em pedaços grandes e acondicione-as em sacos plásticos. Guarde os sacos no congelador. Fica muito mais fácil para usá-las, como as folhas estão congeladas para cortar em pedaços pequenos é só quebrar com os dedos. Atenção – algumas ervas como tomilho e manjericão escurecem quando congeladas, mas ainda assim podem ser usadas.

     

     

     

  • »

    Carne seca – como usar

    A carne seca precisa ser dessalgada e aferventada antes de ser cozida. No feijão pode ser acrescentada semicozida; porém deve também estar completamente cozida e macia antes de ser adicionada como um dos ingredientes a pratos guisados que utilizem cebolas, abóboras, inhames ou aipins porque o seu tempo de cozimento é maior do que dos demais e estes desmanchariam.

    Como fazer: Lave bem a carne na água corrente e deixe-a de molho por dois dias na água fria, trocando a água a cada tres ou quatro horas.

    Em seguida, cozinhe-a na panela de pressão, quase coberta de água, por aproximadamente vinte minutos. Abra a panela depois de fria, experimente a carne e, se ainda estiver salgada, cozinhe novamente em outra água por mais vinte minutos. Nesse ponto já deve estar pronta para ser cortada em cubos ou desfiada com o auxílio de um garfo.

     

    Cozinhe então a carne em um refogado ou de acordo com a receita a ser preparada.

  • »

    Espremedor de alho

    Serve para esmagar o alho em pedaços tão pequenos que desaparecem durante o cozimento, deixando apenas o seu sabor.