Cozinha da Marcia Receitas 100% testadas
 

Truques

q

  • »

    O queijo prato endureceu?

    Se o queijo prato estiver muito duro, utilize-o para preparar um suflê. Rale-o e em seguida derreta-o em uma xícara de leite para um suflê.

  • »

    Queijo coalho

    Queijo coalho
    Produzido na região Nordeste do país, como o próprio nome diz, o queijo de coalho é preparado com a massa de leite talhado e escorrido à qual acrescenta-se uma boa quantidade de sal. Em seguida o queijo é amassado em uma prensa pneumática até ficar a textura homogênea característica.

  • »

    Queijo pecorino

    Queijo origem italiana, preparado com de leite de ovelha e maturado por oito meses, pode ser consumido, como o queijo parmesão, em recheios de raviólis, caneloni, ou ralado por cima de um prato de macarrão ou risoto e ainda, da maneira mais simples e sofisticada, servido na sobremesa com peras.

  • »

    Queijo Parmesão

    Queijo de origem italiana, onde têm inclusive uma região demarcada onde pode ser fabricado ? Parma é a cidade que lhe atribuiu o nome. Preparado com leite fresco de vacas é também o nome genérico que se dá aos queijos de sabor semelhante, utilizado em pratos de massa, ralado por cima ou em recheios.

  • »

    Queijo ralado grosso

    Para ralar queijos do tipo prato, qruyère, gouda, bola e tantos outros com a mesma consistência, deixe o pedaço de um dia para o outro na geladeira.

  • »

    Queijo Feta

    É um queijo tradicional grego preparado com leite de ovelha, mas pode também ser feito com a mistura do leite de ovelha com o de cabra. Gostoso, é para ser usado em saladas e sanduíches.

r

  • »

    Ragu crocante

    www.cozinhadamarcia.com.brO bom ragu vegetariano depende de dois item que juntos deixam os legumes e verduras no ponto certo de cada um deles e com mais sabor. Primeiro aqueça bem a panela com o óleo no fogo alto. Em seguida, junte primeiros os legumes mais duros, vagens e cenouras por exemplo e sem parar de mexer, acrescente o alho e ervas aromáticas, só junte as cebolas antes de colocar tomates ou espinafres – o que soltar mais água. Não pare de mexer para não juntar líquido demais, sempre vai ter um caldinho no fundo. Por fim acelgas, almeirão, escarolas, mostardas. Polvilhe com sal e pimenta, tampe e desligue o fogo.

  • »

    Raspa de casca de laranja

    Quando uma receita pede para se utilizar a casca de uma fruta cítrica, é muito importante que não se corte junto nem um pedacinho da parte branca da casca, ela é muito amarga ? ou se utiliza uma faquinha própria para isso ou utiliza-se uma faca muito afiada com a inclinação da lâmina voltada para fora da fruta.

  • »

    Receitas com suco de limão

    Experimente misturar diferentes tipos de limão para obter um sabor mais rico sempre que a receita pedir maior quantidade do que o suco de um limão.

  • »

    Refratário transparente

    Utilize um refratário no formato de uma saladeira para crescer a massa de pão. Assim poderá acompanhar o seu crescimento com mais facilidade. Dependendo do tipo de fermento utilizado a massa demora a crescer. Não utilize vidro comum que pode estourar se deixado próximo ao fogão aquecido com o calor do forno ligado.

  • »

    Risoto delicioso

    O segredo do sabor do risoto está no caldo que pode ser de peixe, carne ou galinha. Guarde sempre no congelador algumas porções de caldo congelado e sinta a diferença no gosto dos risotos e molhos para massas.

  • »

    Repolho no lugar da tampa da panela

    Algumas receitas de bacalhau ou de cozidos como rabada podem utilizar no lugar da tampa da panela algumas folhas de repolho. A função é praticamente a mesma ? evitar que o líquido da panela evapore em excesso.

s

  • »

    Qual a quantidade de batatas correta

    Como calcular a quantidade de batatas para uma salada – cada pessoa come normalmente três batatas pequenas que pesam em média 50 gramas, na hora de comprar pegue 12 unidades para quatro pessoas, 15 para cinco e assim sucessivamente. Não é preciso comprar dois quilos de batata como se fazia antigamente.

  • »

    Salsa e cebolinha sempre frescas – ervas congeladas

    www.cozonhadamarcia.com.brPara manter os frescor das ervas frescas por mais tempo lave-as assim que chegarem, corte-as em pedaços grandes e acondicione-as em sacos plásticos. Guarde os sacos no congelador. Fica muito mais fácil para usá-las, como as folhas estão congeladas para cortar em pedaços pequenos é só quebrar com os dedos. Atenção – algumas ervas como tomilho e manjericão escurecem quando congeladas, mas ainda assim podem ser usadas.

     

     

     

  • »

    Salsa picadinha

    www.cozinhadamarcia.com.brNa hora de picar a salsa utilize também o caule e não apenas as folhas, evita-se o desperdício e ao mesmo tempo obtem-se uma quantidade maior de tempero. Não se preocupe por estar utilizando os cabos, eles são macios e como a salsa é, em geral, utilizada em sopas e guizados, os cabinhos ficarão macios durante o cozimento.

     

     

     

     

     

  • »

    Saco de confeitar

    www.cozinhadamarcia.com.brApóie o saco de confeitar em um copo alto na hora de transferir a massa, pressione a massa em direção à ponta antes de cortar a um centímetro do começo.

     

     

     

     

     

     

  • »

    Como cozinhar a tapioca e o sagu

    Para saber se a tapioca está cozida observe se os grãos subiram para a superfície do líquido e se estão transparentes e com apenas um ponto branco no centro. A indicação do pontinho branco no centro também pode ser usada quando se prepara o sagu.

    Clique para ver receitas com tapioca

    Veja sugestões de cuscuzeiros

     

     

     

     

  • »

    Como soltar uma torta da forma sem quebrá-la

    Para retirar uma torta de uma forma de fundo solto primeiro apóie-a sobre um copo, em seguida solte com a ponta de uma faca os pedaços de massa que ainda estão grudados na lateral da forma, normalmente nesse momento a lateral da forma irá se desprender e escorregar, soltando-se da torta. Voce poderá transferir a torta para o prato em que for servi-la com a base da forma ou passar uma espátula entre a base e o fundo da torta para em seguida escorregá-la, gentilmente, para um prato.

     

     

  • »

    Claras em neve

    Claras bem batidas tem um segredo: precisam estar em temperatura ambiente, assim crescem e ficam bem duras. Batas as claras até ficarem bem duras. Para saber se está no ponto pegue uma colherada e vire-a para baixo, se não cair da colher a massa está pronta para receber o açúcar. Conte duas colheres de sopa de açúcar para cada clara e bata até obter uma massa untuosa e brilhante.

     

     

     

  • »

    Sal grosso ou sal refinado?

    Na hora de escolher qual o tipo de sal a ser utilizado em uma receita é importante utilizar sal refinado iodado. Normalmente o sal comum é iodado e a função é evitar doenças como o bócio, causada pela falta de iodo no corpo. Deixe os sais marinhos mais sofisticados para um ou outro prato

  • »

    Salada refrescante

    Na hora de lavar as folhas de alface acrescente algumas folhinhas de hortelã na última água, escorra e deixe-as junto a alface, sirva-as na salada.

  • »

    Salada de alface: quantas folhas por pessoa

    Na hora de preparar a salada calcule três a quatro folhas de alface de tamanho médio por pessoa, mesmo que utilize outras folhas de verdura ou legumes e ingredientes.

  • »

    Talheres de salada

    Escolha talheres de salada bem grandes, inclusive maiores do que a saladeira que estiver usando, assim na hora de misturar a salada na mesa, duas ou três reviradas serão suficiente para espalhar o molho e misturar todos os ingredientes.

  • »

    Sal no molho de macarrão

    Coloque pouco sal no molho de massas que serão servidas junto com queijo parmesão. O sal do queijo deixará o sabor salgado na medida certa.

  • »

    Suspiros: como assar

    Para os suspiros ficarem bem secos e com a cor clarinha basta colocar uma colher de pau na porta do forno. Assim o excesso de calor e a umidade do forno saem e eles não murcham depois de prontos.

  • »

    Suco de maracujá natural

    Para retirar o suco do maracujá sem as sementes, coloque a polpa em uma peneira sobre uma tigela de boca larga, em seguida aperte-a com as costas de uma colher de sopa que o suco se soltará das sementes.

  • »

    Sementes de mostarda

    Para retirar a umidade dos grãos de mostarda deixe-os por alguns minutos fora do fogo, em uma frigideira previamente aquecida. Sacuda a frigideira com as sementes algumas vezes apenas para amornarem.

  • »

    Sorvete de chocolate com mais sabor

    Polvilhe o sorvete de chocolate com um pouco de canela e pimenta-do-reino em grão para realçar seu sabor.

t

  • »

    Massa de torta preparada no processador de alimentos

    www.cozinhadamarcia.com.brA massa preparada no processador de alimentos fica pronta em minutos: coloque primeiro os ingredientes secos e fermento, pulse duas ou três vezes para misturar e comece a acrescentar os ovos e a água, se for o caso. Em poucos minutos, um ou dois, a massa ao ser batida vai se agrupar e formar uma bola como a da foto. Em seguida abra a massa em uma superfície polvilhada de farinha de trigo com o auxílio de um rolo. Coloque na forma em que for assar já untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo e deixe na geladeira por aproximadamente 30 minutos antes de rechear e assar de acordo com as instruções da receita.
    Veja aqui receitas de tortas da Cozinha da Marcia

  • »

    Como cozinhar a tapioca e o sagu

    Para saber se a tapioca está cozida observe se os grãos subiram para a superfície do líquido e se estão transparentes e com apenas um ponto branco no centro. A indicação do pontinho branco no centro também pode ser usada quando se prepara o sagu.

    Clique para ver receitas com tapioca

    Veja sugestões de cuscuzeiros

     

     

     

     

  • »

    Como soltar uma torta da forma sem quebrá-la

    Para retirar uma torta de uma forma de fundo solto primeiro apóie-a sobre um copo, em seguida solte com a ponta de uma faca os pedaços de massa que ainda estão grudados na lateral da forma, normalmente nesse momento a lateral da forma irá se desprender e escorregar, soltando-se da torta. Voce poderá transferir a torta para o prato em que for servi-la com a base da forma ou passar uma espátula entre a base e o fundo da torta para em seguida escorregá-la, gentilmente, para um prato.

     

     

  • »

    Tomates pelados

    Para descascar os tomates dê dois talhos em x na ponta de cada um e deixe-os de molho por aproximadamente cinco minutos na água fervendo. A pele encolhe e basta um puxão para retirá-la.

  • »

    Tipos de tomates

    Cada tipo de tomate tem uma utilização diferente: os tomates tipoitaliano de formato alongado são ótimos para molhos, o saladeteque é arredondado e não muito grande é para acrescentado à saladas e os tomates caqui ficam deliciosos quando cortado em fatias e servidos com mussarela de búfala. O tomate comum usado de todas as maneiras chama-se santa cruz. O pequeno tomatecereja é encontrado nos formatos arredondado e oblongo, estes um pouco mais ácidos.

  • »

    Massa de torta sem sujeira

    Trabalhe a massa em cima de um pedaço de papel manteiga. Ela grudará menos e poderá ser transportada mais facilmente.

  • »

    Tomates: como tirar a pele

    Dê um talho em um dos lados do tomate. Não pode ser muito profundo, apenas para levantar a pela. Aqueça uma panela com água, assim que ferver desligue e coloque os tomates riscados com a ponta da faca dentro. Aguarde uns cinco minutos e puxe a pele com ajuda de uma faca pequena.

  • »

    Tábua sem cheiro de peixe

    Forre a tábua ou superfície onde for temperar o peixe com filme plástico antes de temperar o peixe.

  • »

    Tour de main

    É a volta da mão em francês, a expressão é usada em várias situações na cozinha, mas uma delas e que descreve bem o que se deve fazer é no preparo de pães caseiro. Antes de colocar a massa para crescer unte a tigela a ser utilizada com um pouco com óleo, azeite ou manteiga derretida usando a própria massa para espalhar a gordura: pegue a massa com a ponta dos dedos e gire o punho próximo à parede do recipiente. O movimento da mão já espalhará a gordura na quantidade necessária para a massa crescer e não grudar na tigela.

  • »

    Tabuleiro limpo

    Forre a assadeira com papel de alumínio e evite o trabalhão de limpá-la após assar um frango, uma carne ou um peixe. É só jogar fora a folha de alumínio junto com a maior parte do molho e das sobras.

  • »

    Como descascar tomates?

    Aqueço um pouco de água em uma panela. Dê um ou dois talhos na superfície dos tomates e coloque na água quente. A pele vai enrugar e soltar da polpa. Arranque com a ajuda de uma faca pequena e afiada.

  • »

    Torradas de pão bem finas

    Para obter torradas finas e com o formato retinho, experimente utilizar o pão tipo pita dividido em duas partes, corte em seguida em quadradinhos e seque-os no forno em um tabuleiro. Fique de olho para não queimarem.

u

  • »

    Bolo sem fundo queimado

    www.cozinhadamarcia.com.brPara proteger o fundo do bolo do excesso de calor da forma,  evitando assim que a parte de baixo asse antes do resto da massa, é preciso cobrir o fundo da forma de bolo com papel manteiga. O papel absorve parte do calor e o redistribui ao formar uma micro camada de ar entre a sua superfície e a da massa do bolo, evitando que esta se transforme em uma crosta dura e escura, queimada.

    Siga o passo a passo a seguir para um bolo com a crosta dourada:
    – Coloque a forma sobre um pedaço de papel um pouco maior que o seu tamanho, e passe um lápis em volta para marcar onde deverá cortar.
    – Corte o papel com uma tesoura, experimente dentro da forma e, se for o caso, retire o excesso para este ficar bem encaixado, o tamanho precisa estar certinho.
    – Unte um X de manteiga ou margarina no fundo da forma, fixe o papel por cima.
    – Unte as laterais da forma e por cima do papel manteiga. Polvilhe com farinha de trigo. Use pequena quantidade, se precisar utilize um pouco mais de farinha.

    As explicações também valem para pães com receitas que utilizam #manteiga.