Um dos meus cheiros prediletos é o do açúcar cozido misturado com frutas secas e, ultimamente com bastante essência de baunilha. Algumas frutas, verdade seja dita, não tem lá muito gosto quando cozidas, mas contribuem para o gosto geral de uma compota. Os damascos doces, por exemplo, ficam mais gostosos se forem misturados com um pouco de casca de laranja e os figos secos eu os cozinho em um chá de hibiscos.

Em São Paulo onde moro agora é possível comprar chás, ou melhor, infusões com misturas de frutas secas. Eu as utilizo como base de compotas que acompanham divinamente sorvetes, arroz doce e bolos.

Veja a receita de uma compota de frutas secas preparada com chá de hibisco