www.cozinhadamarcia.com.br

O que mais se fala é: Imagine na Copa! Pensando nisso, fiz algumas dicas de viagem para quem gosta de vinho e quer brindar longe da Copa.

Estados Unidos
Este sim é o país do consumismo, não há como visitá-lo e voltar cheio de sacolas e malas. Para qualquer lugar que vá deste país, há um mantra que diz (compra, compra…). As opções são muitas, Disney, Orlando, Miami, Nova Iorque, Las Vegas, Califórnia e por que não Texas? Sim, estive lá e me surpreendi com o estado que vai muito além da NASA e dos Cowboys. Mas pensando em vinhos, não deixe de visitar o paraíso deles, a Total Wine. A grosso modo é uma rede de lojas que mais parece um supermercado de bebidas, lá pode-se encontrar de tudo, uísque, vodca, cerveja, licor, tequila e vinho, mas muitos vinhos. Não vá pensando que é tudo desorganizado não, é tudo dividido por setor, e os vinhos por uva e região. Os vinhos top´s para se ter uma ideia ficam em uma adega climatizada e fechada que fica logo na entrada da loja. Se tiver sorte, pode ainda participar gratuitamente de uma degustação de cervejas ou vinhos.

Mais informações: https://www.totalwine.com/
Estados Unidos Diário de Bordo Texas

França
Aqui está o berço do vinho. Todo lugar que se vá cheira a história. Saia um pouco de Paris e vá conhecer o que a França tem de melhor. A região de Champagne, por exemplo, fica próxima a capital do país e tem paisagens belíssimas além, é claro, das borbulhas mais famosas do mundo. Um passeio pelas Maisons de Champagne é uma bela experiência. Não deixe de visitar a Catedral de Reims, é linda. Um pouco mais abaixo no mapa, temos a linda e charmosa região da Borgonha famosa pela Pinot Noir e Chardonnay. Com seus pequenos vilarejos, belos vinhedos e a charmosa cidade de Beune, com seus cafés e restaurantes. Pode-se visitar alguns pequenos produtores e sentir mais de perto toda a cultura do vinho naquele lugar. Não deixe de visitar Gevrey-Chambertin e a maior cidade da região, Dijon.

A França é um país que se encontra vinho por toda parte, então não poderíamos deixar de falar de duas regiões: Bordeaux e Provence. Bordeux, é também o nome de uma cidade encantadora pela beleza, a imponência dos seus – castelos, com frequência o seu nome aparece nos rótulos – Châteaux acompanhado do nome (alguns infelizmente são inacessíveis aos pobres mortais) e pelos seus aclamados vinhos.

Mas ver de longe e tirar foto não paga nada! Não há com ir nesta região e não visitar a própria cidade de Bordeaux, com sua vida noturna intensa, claro que dentro do horário francês – um pouco cedo para nós brasileiros. Não poderia deixar de falar em Saint-Emilion, visitada por milhares de pessoas do mundo todo. É uma cidade linda, brincadeiras a parte deve ter proporcionalmente mais lojas de vinhos que padaria em São Paulo. Não deixe de visitar as lojas de suspiros recheados – os macarrons e a mais tradicional delas que fica ao lado do correio. Se puder vá para praia e visite a badalada Cap-Ferret.

Provence, ah! Provence. Uma região bela, onde os ventos do Mistral sopram sob as lavandas e os vinhedos. Até o casal Brad Pitt e Angelina Jolie se encantaram pelo lugar e compraram um châteaux. A região é famosa pelos melhores vinhos rosés do mundo. Na região fica a Côte d’Azur onde você pode visitar desde a agitada Marselha até a badala Saint-Tropez.

Para completar, não deixe de visitar para a região do Loire com seus belos castelos históricos e os bons vinhos na região do Rhône. Mas, quem sabe esses ficam para a próxima viagem.

Leia mais no blog da Confraria2Panas

Diário de Bordo França
Diário de Bordo Bordeaux