www.cozinhadamarcia.com.br

A receita foi preparada na Ilhabela, no litoral Norte de São Paulo. A ideia inicial era comprar uma garoupa para fazer uma moqueca, mas estavam todas muito grandes, pareciam monstros marinhos. Deu preguiça, compramos uma enchova para assar na telha coberta com sal grosso. De muito certo. A telha na verdade é uma assadeira com o fundo arredondado como se fosse uma telha tipo colonial.

É um prato típico aqui do Vale do Paraíba, peixe na telha. O fato é que essa é uma região linda cheia de lagos formados pelas represas dos rios Paraíba e Paraíbuna e, em algumas cidades como Santa Branca, por ali é possível comer um peixe assado.

Nem sei se os peixewww.cozinhadamarcia.com.brs são criados e pescados nas águas da represa. Acho que só a paisagem é que inspirou o prato, ou talvez muito antigamente quando a região tinha olarias, os rios tinham lambaris e o pessoal queria comer algo mais barato – com custo zero e que estava ao alcance da mão. O peixe desse modo com o sal grosso é  fácil de fazer, é só forrar o fundo da forma com sal grosso, colocar o peixe e cobri-lo com dois dedos de sal. O resultado é pouco salgado e com a carne muito macia.

O vinho correto? Pode ser um vinho verde.

Veja a receita completa aqui.