Eu adoro um bom frango assado no forno, tenho também muitas receitas, dessas que chamamos de prediletas, eu as faço com certa frequência. Algumas vezes preparo o frango inteiro, mas na maioria das vezes utilizo apenas alguns pedaços bem temperados. Acontece que, ultimamente, me incomoda muito o desperdício de aquecer o forno apenas para assar comida para poucas pessoas. Procuro só utilizá-lo com dois ou mais pratos. Torta salgada e rosbife, bolo e biscoitos, hoje aqueci uma torta para o almoço e assei ao mesmo tempo um peito de frango com suco de limão.

Tenho uma amiga que retirou o fogão da casa dela. Colocou uma prateleira no lugar. Achei boa a idéia, ganhou um enorme espaço e, olhem que ela é uma excelente cozinheira. O fogão perdeu a função e virou sinônimo de desperdício. Ela resolveu a questão de outra maneira: com uma placa elétrica e um ou dois eletrodomésticos como o aparelho com duas prateleiras que cozinha no vapor. Comi em sua casa um peixe enrolado com ervas delicioso. Bom, o estilo light não serve para quem, como eu, acha que fogão é churrasqueira. Mas bem que deu vontade.