www.cozinhadamarcia.com.br

No Japão imperial, mundo de enormes hierarquias, existia uma profissão muito interessante seu nome em português poderia ser intérprete ou talvez mestre-sala fosse uma tradução mais adequada. O seu trabalho consistia em descrever e explicar durante as apresentações para o imperador e a nobreza as qualidades de um músico ou de uma orquestra por exemplo, buscavam demonstrar o valor de uma música ou de uma dança, o artista deveria aparecer com todas as qualidades. Mostravam assim o que essas pessoas tinham de melhor como artistas, cozinheiros ou pintores.

A primeira vez que ouvi falar sobre essa profissão fiquei fascinada, que bom seria se conseguíssemos mostrar com alegria e simplicidade as qualidades do trabalho de alguém. Pois bem, o livro da chef Roberta Sudbrack Eu sou do camarão ensopadinho com chuchu faz exatamente isso.

Primeiro aparecem as receitas. Delicadas, criativas e com uma qualidade técnica enorme. Sua criatividade que é a sua assinatura foi testada à mesa no Palácio do Alvorada no período que Fernando Henrique Cardoso foi presidente do Brasil (1995-2003).

Apesar das explicações precisas não sei se quero cozinhar algo tão perfeito em casa, sempre acho que esse tipo de comida deve ser degustado no lugar onde é feito. Coloquei na minha lista de coisas a fazer no Rio de Janeiro. Quanto custa jantar no seu restaurante? Estou contando sobre a minha experiência de leitura portanto não tenho ideia, um livro não é a vida real, é o lugar onde a vida aparece representada como deveria ou poderia ser.

O texto do livro é formado por uma sucessão de depoimentos graciosos, delicados, muito bem fundamentados e sempre valorizam o talento da chef Roberta Sudbrack e a sua comida. Em suas páginas o seu talento aparece e ela ainda tem espaço para explicar no que acredita – comida fresca, sem dúvida.

E nós leitores temos o prazer de ler cada uma das páginas como se estivéssemos no teatro imperial do Japão no século XVI. A cada prato temos uma lista de ingredientes bem tratados com resultados saborosos e elegantes. As fotos são lindas.

Eu sou do camarão ensopadinho com chuchu, Roberta Sudbrack, Edições Tapioca, 2013.

Uma curiosidade – o título é parte da letra de “Disseram que eu voltei americanizada” de Vicente Ribeiro e Luiz Peixoto e era cantada por Carmen Miranda. Clique aqui para ouvir a música na Rádio UOL.