www.cozinhadamarcia.com.br

A resposta é simples: as melhores bananas são aquelas que estão muito maduras, quase podres, aquelas que depois de descascadas tem umas partes moles e escuras, parecem apodrecidas, mas no jargão caseiro estão machucadas. Essas são as mais perfumadas e que darão o melhor sabor ao doce.

É claro que existem muitos tipos de doce de banana, o meu predileto é preparado com banana prata quase podre, isso quer dizer que a casca já relaxou e soltou nas pontas, e dá para ver a polpa. Insisto em descrever o estado da banana que é para todos terem certeza que não sobrou nenhum tanino na polpa. Essa é a banana que é usada para fazer doce em casa. Esqueçam os chamados doces caseiros, eles hoje em dia são feitos em fábricas e usam conservantes, pelo menos ácido cítrico é adicionado para ter uma vida longa nas prateleiras. E esqueçam também as lojas de produtos orgânicos – eu serei bombardeada por essa frase – mas de nada adianta uma banana orgânica fora do ponto como acontece com frequência. Natural e gourmet são palavras que andam juntas, e por isso o ponto da banana tem que ser a um passo da lata de lixo. Assim o doce fica perfeito.

 

Veja aqui uma receita de doce de banana avermelhado, clique