A Semana Santa que este ano coincide com a data da Páscoa judaica, quando se comemora a fuga dos judeus do Egito. Quando pequena, eu costumava ir para a casa de minha avó nessa época do ano. Como tenho um tio e uma tia um pouco mais velhos, vovó nos mandava ao cinema durante o feriado.

Acontece que os filmes na época da Páscoa eram temáticos, espaço que hoje é ocupado pela televisão com seus múltiplos documentários, com temas como a existência ou não de Jesus ou sobre como era a dinâmica de um julgamento na Roma antiga. Nada disso existia. Os filmes, todos de ficção, contavam sobre o sofrimento de Cristo sob o jugo Romano, falavam de São João Batista e mostravam decapitado – a cena sempre me impressionou muito, tinha leprosos curados, gladiadores e toda a sorte de combatentes contra o Império Romano. Eu adorava o programa, como os filmes eram muito longos e eu muito magra, vovó obrigava ao meio tio a levar uma lata com pedaços de bolo.

As músicas sempre heroicas e com grandes orquestrações. As estórias ficavam mais impressionantes. A música em Roma por volta de 50 anos antes de Cristo e nos quase mil anos era diferente, não tinha polifonia – várias vozes, e os instrumentos singelos.
Se quiser ouvir uma pequena mostra clique aqui.

Na volta passávamos por outro cinema, ou seria o mesmo? Acho que se chamava Império, vendia sorvetes cremosos. Eram duas ou três garrafas de xarope que ficavam invertidas sobre uma serpentina; você pedia o sorvete e descia um creme delicioso de groselha ou de maracujá. Talvez hoje não gostasse tanto do sabor, devia ser bem doce.
Eu me lembro da algumas abelhas que ficam em volta das garrafas emborcadas.

De lá para cá fiz uma especialização em sorvetes e hoje tomo enorme cuidado para usar ingredientes naturais e bem diferentes. Hoje preparei um novo sabor de limão. Deu muito certo, recomendo a todos. Desejo também uma Páscoa e um Pessach feliz a todos.

Semifrio de chocolate e amêndoas

Sorvete de limão

Bolo de chocolate sem farinha

Para saber mais sobre os filmes desse período, visite o site do IMDb, o site que tem a ficha técnica de praticamente todos os filmes

Benhur

O manto sagrado

QuoVadis

Os cartazes do filmes que faziam sucesso durante a Páscoa no Rio de Janeiro.