Esse é talvez um dos melhores convites que podemos fazer a um amigo ou amiga que anda tristonho. Nada de ficar falando de problemas com quem já está meio ?assim?. O melhor é ajudar o tempo a passar acolhendo o amigo, mostrar como a vida permite que os problemas e os pequenos e grandes prazeres convivam. Os grandes é claro que nem sempre estão possíveis, mas os pequenos nos lembram que eles existem.

O risoto é um prato perfeito para esses momentos ? enquanto cozinha aromas diferentes exalam dos ingredientes, e nada como cheiros de comidas para despertarem aquele sentido pela vida que há poucos minutos parecia não existir. O caldo de legumes fervendo, o alho fritando, o vinho branco evaporando e de repente alguém entrega uma colher de pau na sua mão e diz ?mexe para não grudar no fundo da panela?. Nada melhor do que bons cheiros e um pouco de trabalho manual para fazer o dia andar.