www.cozinhadamarcia.com.br

O sucesso do 3º Salão de Enoturismo em 2014 foi tanto que muita gente ja quer garantir a sua participação no próximo salão. Esse ano uma de suas principais atrações foram as aulas sobre as diferentes regiões produtoras de vinhos brasileiros e sobre os diferentes destinos turísticos ligados ao mundo vinícola

A concorrência foi tanta para as aulas de harmonizações e sobre as regiões vitivinícolas brasileiras que muitas pessoas já querem garantir o acesso para a próxima edição do Salão de Enoturismo, em 2015, junto à Feira de Turismo de Gramado (Festuris). Uma das inovações neste ano, os workshopps promovidos pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), ministrados a cada meia hora, estavam sempre lotados e contribuíram para o sucesso da 3ª edição do evento focado em enoturismo e que repetiu o público de 2014, com a circulação de mais de 14 mil pessoas no espaço. No sábado (8), foram divulgadas as datas da próxima edição: 5 a 8 de novembro. Neste ano, o Salão foi realizado nos dias 7 e 8 deste mês.

A pedagoga Cleiza Alfaya afirmou que conhecer melhor as diferenças entre as regiões e os próprios produtos, instiga a visita-los. “Foi uma aula bem positiva porque aprendemos que cada casta se comporta de uma maneira especial, de acordo com a região, resultando em produtos especiais e contribuindo para a diversidade do nosso vinho”, elogiou.

Além da apresentação das regiões e sugestões de harmonização, os workshops apresentaram ainda uma explanação sobre os roteiros participantes do Salão com a participação de três agências de receptivo da Serra: Arte do Turismo, Giordani Turismo e Vale das Vinhas Turismo. Representantes das empresas falaram sobre os atrativos de cada roteiro e os pacotes que são disponibilizados para os visitantes.

Entre os expositores, o secretário de Turismo de Ametista do Sul, Claudiomir Capra, era um dos mais empolgados. Ele afirmou que a edição deste ano foi mais focada e que o público busca novidades no segmento de enoturismo. “Somos um destino novo em relação ao enoturismo e estar aqui é uma vitrine para que pessoas do próprio estado conheçam tanto as vinícolas do município como outros atrativos”, disse, ao mencionar que grande parte das pessoas que chegam ao local vem de outros estados, principalmente do Paraná, curiosos em conhecer as cavas que ficam a 200 metros da superfície e que reúnem ótimas condições para o armazenamento de vinhos.

Além das aulas ministradas pelo sommelier Arlindo Menoncin, outras inovações marcaram a 3ª edição do Salão. Os roteiros, cidades e regiões dividiram o mesmo espaço, identificados por displays, contribuindo para a integração entre o público e os destinos, troca de experiências e agilidade no atendimento.  Outra novidade, foi a disponibilização de maior espaço para a circulação das pessoas pelo estande, com mesas e cadeiras que convidavam a uma parada estratégica de quem transitava pelo local.

A agente de viagem carioca Georgia Bragança afirmou que recomendou a visita do espaço para colegas agentes e que é fundamental conhecer as regiões para indicar aos clientes. “Precisamos ampliar a divulgação dos roteiros e dos próprios vinhos brasileiros que cada vez mais tem a sua qualidade reconhecida”, sugeriu.

Estavam no 3º Salão de Enoturismo as regiões do Alto Uruguai (Ametista do Sul) e Campanha Gaúcha (Associação dos Vinhos da Campanha), e os municípios de Bento Gonçalves (com os roteiros Vale dos Vinhedos, Caminhos de Pedra e Rota das Cantinas Históricas), Caxias do Sul (Caminhos da Colônia), Farroupilha (Caminho do Moscatel), Flores da Cunha (Vinhos dos Altos Montes e Compassos de Mérica Mérica), Garibaldi (Rota dos Espumantes e Estrada do Sabor) e Pinto Bandeira.

Mais informações sobre o festival: www.festurisgramado.com