www.cozinhadamarcia.com.br

O sofisticado bufê oferece cardápios para as festas de fim de ano, com receitas ao estilo gourmet

Desenvolvidos pelo chef e sócio-proprietário Aléssio Battilani, os menus contam com opções de entrada, prato principal e sobremesa. Todos podem ser encomendados individualmente e servem até 12 pessoas.
No cardápio para a ceia de natal há receitas como entrada terrine de alcachofra sobre baby leaf picante e emulsão de alho doce (à parte), R$ 220; o prato principal vitela assada com batatinha assada e tomilho, R$ 380; e o bolo de nozes com baba de moça e merengue italiano, R$ 240.

Destacam-se entre as opções para a ceia de réveillon a salada de cavaquinha com abacaxi e endívias em emulsão de coco fresco, R$ 550; o prato presunto da Virgínia com melaço de romã e macedônia de frutas glaceadas, R$ 650; gelato de castanha do Pará com cupuaçu, R$ 190.

Menu de Natal:

Entradas:
– terrine de alcachofra sobre baby leaf picante e emulsão de alho doce (à parte), R$ 220;
– mil folhas de aspargos frescos, R$ 180;
– cuscuz paulista, R$ 180;

Principais:
– lombo de bacalhau Gadus Morhua, cozido no azeite extra virgem em baixa temperatura com purê de brócolis e cebola e alho confitados, R$ 650;
– peru de natal fatiado e montado com frutas em caldas R$ 850;
– tender com fios de ovos e abacaxi assado, R$ 380;
– vitela assada com batatinha assada e tomilho, R$ 380;
– sfogliatti de búfala com cozido de tomates frescos e basílico, R$ 260;
– couscous marroquino com lascas de carneiro, R$ 250;
– arroz festivo do Aléssio, R$ 80

Sobremesas
– torta CITRON (torta de limão), R$ 150;
– terrine de marzipã e chocolate, R$ 180;
– gelato de framboesa, R$ 140;
– bolo de nozes com baba de moça e merengue italiano, R$ 240

Menu de réveillon – 2012
Entradas:
– salada de camarão (11/1) com palmito fresco desfiado, dill e açafrão, R$ 460;
– salada de cavaquinha com abacaxi e endívias em emulsão de coco fresco, R$ 550;
– escabeche de favas frescas com fundos de alcachofra e alho confit, R$ 180;
– salmão poché com farofa de banana da terra, R$ 440;
– flan de mandioquinha com ovas de peixe voador, R$ 240;
– tomates assados recheados com ricota de cabra e azeite de manjericão, R$ 140;

Principais :
– costela desossada 12 horas jus rôti com batatas bravas, R$ 380;
– arroz com bacalhau e legumes, R$ 210;
– presunto da Virgínia com melaço de romã e macedônia de frutas glaceadas, R$ 650;
– agnolotti de tomate fresco com béchamel de emmenthal, R$ 190;
– lasanha de alcachofras, R$ 250;
– lentilhas francesas com ervas e balsâmico, R$ 130;
– riso nero, R$ 150;

Sobremesas:
– terrine de marzipã e chocolate, R$ 180;
– torta de pão de ló e frutas frescas, R$ 140;
– gelato de castanha do Pará com cupuaçu, R$ 190
– merengue de maracujá com gotas de chocolate, R$ 120.

É possível solicitar, adicionalmente, locação de louças e a contratação de copeira, auxiliar de cozinha e garçom. Os pedidos para a ceia de natal devem ser feitos até o dia 21/12/2011 e para o réveillon até 27/12/2011. O valor mínimo para entrega é de R$ 1.000. É necessário o pagamento de 50% do total da encomenda, antecipadamente. O bufê oferece orçamento personalizado por meio do e-mail: atendimento@citrongastronomia.com.br.

Citron Gastronomia

Inaugurado em 2005, pelo administrador de empresas e consultor gastronômico Eduardo Moreira, em sociedade com o chef Aléssio Battilani, o Citron Gastronomia se consolidou como um dos principais bufês da cidade de São Paulo ao investir na combinação de charme e sofisticação.

Atende tanto eventos corporativos quanto sociais, tais como casamentos, debutante, bodas, aniversários ou até jantares familiares. A dupla investe no fator surpresa para impressionar seus exigentes clientes, seja para um grupo restrito ou para festividades com mais de quatro mil convidados.

Sobre o Chef  Aléssio Battilani

Natural de Bela Vista, pequena cidade do Mato Grosso do Sul, próxima à fronteira com o Paraguai, Battilani desde criança teve contato com a alta gastronomia. Do país vizinho seu pai, que oferecia muitas festas, tinha acesso a champanhes e iguarias que, na época, apenas os cônsules do Rio de Janeiro e São Paulo tinham.

Aos sete anos o chef preparava quiabo que colhia da horta da fazenda onde morava, na qual aprendeu muito sobre aromas e sabores.

Atuou como fazendeiro até os 30 anos, quando resolveu abandonar a profissão devido aos revezes políticos e financeiros que o governo do então presidente Collor causou. Matriculou-se no curso superior em hotelaria do SENAC de Águas de São Pedro e, batalhou uma vaga para trabalhar ao lado do renomado Laurent Suaudeau (vencedor de prêmios como os das revistas Gula, Veja São Paulo, e Guia 4 Rodas em 2003 como chef do ano) que Battilani admirava desde jovem.

Atuou por sete anos ao lado de Laurent, em seu restaurante no Jardins. Com ele aprendeu muitas das facetas gastronômicas, além da tradição da culinária francesa, fundamental para despertar sua veia criativa na cozinha. Foi responsável por executar almoços e jantares na casa do Laurent para convidados ilustres, como chefs europeus.

Com a experiência adquirida foi chefiar a cozinha do sofisticado restaurante Charlô no Jóquei Clube, entre 1998 a 2001, no qual agregou conhecimento e ganhou a expertise necessária em eventos, fundamental para empreender na área em 2004. Antes, comandou jantares e celebrações da família Camargo Correa, proprietária da holding homônima.  É especialista em cozinha quente, principalmente em criações com peixes.

Citron Gastronomia
Rua Antonio das Chagas, 446 – Chácara Santo Antonio – São Paulo – SP
Tel. (11) 5181-4300
www.citrongastronomia.com.br